O que pode e o que não pode na dieta da proteína

by paulo on April 24, 2011

Dieta da Proteína

Dieta da Proteína

A dieta da proteína tem trazido êxito para muitas pessoas, justamente porque não restringe tudo que há de gostoso no mundo, como fazem as outras dietas.

A dieta da proteína é muito simples. Ela propõe eliminar quase todos os carboidratos da alimentação diária, substituindo-os por proteínas. Mas o que acontece com o nosso organismo quando tiramos essa fonte de energia primordial da nossa alimentação? O corpo humano sai à procura de outras fontes, como as proteínas e as gorduras. Passa então a metabolizá-las para suprir o déficit de carboidratos. Porém, embora os carboidratos sejam moléculas de açúcar fáceis de serem sintetizadas e transformadas em combustível, as proteínas e as gorduras são moléculas mais complexas e difíceis de serem quebradas, portanto demoram mais a serem processadas.

Mas os resultados apresentados pelas pessoas que testam a dieta da proteína são muitas vezes impressionantes. Há vários relatos por aí de pessoas que chegam a perder mais de 5 quilos na primeira semana de dieta, e até 9 quilos após um período de 15 dias. Mas não fique animado com esses números, achando que vai conseguir resultados ainda maiores. A dieta da proteína não é recomendada para períodos muito longos. O máximo deve ser 15 dias ininterruptos. Isso porque o tal processo de metabolizar gorduras e proteínas libera algumas substâncias tóxicas – corpos cetônicos – que são prejudiciais ao nosso organismo, podendo causar enjoo, dores de cabeça e fraqueza.

Veja abaixo o que pode e o que não pode estar no prato de quem faz a dieta da proteína:

COMIDAS PERMITIDAS COMIDAS PROIBIDAS
Abobrinha verde; Acelga; Agrião; Água com gás; Alface; Aspargos; Atum; Aves; Azeite; Azeitona com tempero; Bacalhau; Bacon; Berinjela; Brócolis; Camarão; Caranguejo; Carnes; Caviar; Cebola; Cenoura; Chicória; Chuchu; Cogumelo; Couve; Couve-flor; Espinafre; Frango; Jiló; Lagosta; Limão; Lingüiça; Manteiga; Margarina; Mexilhões; Nabo; Omelete; Ostra; Ovos; Peixe; Pepino; Pimenta; Pimentão; Presunto; Queijos industrializados; Quiabo; Rabanete; Repolho; Sal; Salada verde; Salaminho; Salsa; Sashimi; Sopa de legumes; Sukiaki sem macarrão; Tomate; Vagem Abóbora; Açúcar; Adoçantes com Frutose ou Lactose; Almôndegas; Amendoim; Amidos; Arroz; Balas; Balas diet; Banana; Batata; Beterraba; Biscoito; Bolachas; Bolos; Caju; Cará; Carboidratos; Catchup; Catupiry; Cereais; Chicletes; Doces; Ervilhas; Farinha; Feijão; Figos; Frutas; Frutas Secas; Geléia; Leite; Macarrão; Mandioca; Massas em Geral; Mel; Milho; Mortadela; Panquecas; Pão; Passas; Petiscos; Pomarola; Pomodoro; Queijo Fresco e Mineiro; Salsicha; Soja; Sorvetes; Suco de Frutas; Tâmaras; Trigo; Yogurt; grão-de-bico; lentilha; uva; figo; ameixa; caqui; castanha; coco; jaca; marmelo; nêspera; tâmara; amêndoa; tamarindo
BEBIDAS PERMITIDAS BEBIDAS PROIBIDAS
Chá, Chá-Mate, Chá de Ervas com adoçante, Refrigerantes Light (em poucas quantidades), Café amargo ou com adoçante, Água Tônica Diet. Leite, Iogurte, Whisky, Achocolatados, Refrigerantes, Vinho, Água de Coco, Água Tônica, Sucos em Caixinha e Caseiros de qualquer sabor.

Mesmo com suas vantagens e desvantagens, a dieta da proteína pode sim ser muito útil pra você. Consulte um médico ou um nutricionista e experimente-a!

 

Leave a Comment

Previous post:

Next post: